Chucrute com salsichas

Posted by chm On julho - 5 - 2013ADD COMMENTS

Uma receita simples e prática, ideal para quem quer experimentar o chucrute ou para quem quer preparar sem se preocupar em incluir o Eisbein e o Kassler que normalmente acompanham o prato.

Para a preparação, prepare antes o chucrute caseiro (veja a receita) ou compre o chucrute pronto. Neste caso, procure por uma marca de boa qualidade!

Chucrute com salsichas

Ingredientes

  • 250g Chucrute
  • 1/2 cebola média picada
  • 70g bacon em cubos
  • 1 maçã verde ou fuji picada (opcional)
  • 1 colher (chá) kümmel (opcional)
  • 1 colher (chá) zimbro (opcional)
  • 1 pitada pimenta do reino moída
  • 4 batatas pequenas cozidas
  • 4 salsichas brancas Weiswurst
  • 4 salsichas tipo Frankfurter
  • 4 salsichas tipo Viena
  • a gosto sal

Modo de fazer

  1. Escorra o chucrute e reserve. Se preferir, lave-o rapidamente em água (opcional)
  2. Coloque as batatas com casca para cozinhar em água e sal
  3. Frite o bacon com um pouco de óleo e acrescente a cebola
  4. Quando a cebola estiver murcha, acrescente o chucrute, a maçã (opcional), o kümmel e o zimbro (opcionais), a pimenta e acerte o sal. Refogue ligeiramente e adicione água (aprox. 150 ml). Deixe cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 20 minutos
  5. Afervente as salsichas e reserve. Se preferir, coloque a Weiswurst em uma frigideira com pouco óleo para fritar levemente.
  6. Descasque as batatas já cozidas. Se preferir, salteie as batatas em manteiga ou margarina
  7. Sirva uma porção de chucrute com as batatas e as salsichas acompanhadas de mostarda (de preferência a escura)

Dicas:
1- Se optar por lavar o chucrute, tenha muito cuidado para não tirar completamente o sabor. A diferença entre lavar e não lavar o chucrute é apenas deixar o sabor mais leve ou mais ácido. As marcas comerciais de chucrute não costumam precisar serem lavadas.
2- Outra salsicha que acompanha muito bem este prato é a Cervela.
3- Um ótimo acompanhamento para este prato é o Apfelmus.

Receita básica de Chucrute (Sauerkraut)

Posted by chm On julho - 2 - 20132 COMMENTS

Exemplo de chucrute. Foto: Alina Zienowicz, Wikipedia

Chucrute é quase sinônimo de alemão… Irônico, porque chucrute em alemão é Sauerkraut! O nome, na verdade, pouco importa: o fato é que o chucrute, que nada mais é do que uma conserva de repolho, é conhecido em todo o mundo e muito consumido, especialmente na Europa e nos Estados Unidos.

As origens do chucrute são bem antigas. Há relatos da prática de conservar o repolho em sal já na China de 2000 a.C e tratados romanos que tratam do assunto. O chucrute chegou a Europa provavelmente trazida pelos Tártaros, povo que originalmente habitava o deserto de Gobi e migrou para o oeste, chegando à Rússia e Europa Central. A popularidade do chucrute deve-se também ao fato dele ser uma fonte de nutrientes disponível durante o inverno europeu e uma forma prática de alimentação durante viagens marítmas, combatendo, inclusive, males como o escorbuto.

O chucrute caseiro é um alimento saudável e muito benéfico ao organismo:

  • – probiótico natural, com lactobacilos vivos (quando não pasteurizado e não cozido)
  • – rico em enzimas e fibras
  • – rico em vitaminas B6, C e K
  • – rico em ferro
  • – fonte dos antioxidantes luteína e zeaxantina, associados à boa saúde dos sistema ocular
  • – O chucrute é um remédio popular para tratar úlceras no estômago
  • – A água do chucrute é um remédio popular contra aftas, usado para fazer bochechos, e o próprio chucrute costuma ser colocado sobre a afta para ajudar no tratamento.

Uma advertência: devido ao processo de preparação, o chucrute contém alto teor de sódio e de tiramina. Hipertensos e pessoas com problemas na tireóide devem consumir o chucrute com moderação.

O chucrute caseiro é muito fácil de fazer (bastam apenas alguns cuidados durante o tempo de fermentação) e acompanha muitos pratos.

Chucrute em conserva

Ingredientes

  • 1 repolho médio
  • 2 colheres (sopa) sal marinho triturado

Modo de fazer

  1. Lave muito bem o repolho e descarte as folhas externas e o miolo. Corte em tiras finas.
  2. Tempere com o sal.
  3. Coloque tudo em um recipiente em possa ser colocada uma tampa ou prato que feche bem e aguente um peso, mais ou menos como uma forma de queijo, mas sem os furos. Prense bem, coloque a tampa e um peso por cima.
  4. Deixe descansar em um local fresco e escuro por 2 dias. A temperatura ideal é entre 18 e 20 graus.
  5. Passados os dois dias, retire a tampa e pressione com as mãos para tirar a água. Descarte a água e coloque o repolho em um pote hermético ou barrica de forma que o conteúdo preencha quase todo o recipiente, deixando cerca de um dedo entre a tampa e o conteúdo do pote.
  6. Guarde o pote bem fechado em um local fresco e escuro, como antes. Aguarde pelo menos 15 dias para poder usar.

Dicas:
1- O chucrute fica mais saboroso com o passar do tempo, observando o prazo de validade de 6 meses.
2- Tenha muito cuidado com o processo de fermentação. As bactérias benéficas responsáveis pelo processo precisam de pouquíssimo oxigênio, razão pela qual o repolho deve ser bem prensado. Muito oxigênio (tampa inadequada, temperatura muito alta, pouco peso sobre a tampa) pode favorecer o crescimento de bactérias nocivas que farão o repolho apodrecer ao invés de fermentar.

Spätzle com Chucrute

Posted by chm On junho - 19 - 2011ADD COMMENTS

Spätzle com Chucrute

Spätzle com Chucrute

Ingredientes

  • 1 receita básica de Spätzle
  • 1 vidro Chucrute
  • 200g bacon defumado em cubos

Modo de fazer

  1. Faça a receita básica do Spätzle conforme descrito em http://www.receitas-da-oma.dtup.com.br/massa-alema-spatzle/
  2. Escorra e esprema o chucrute.
  3. Em uma panela grande, frite o bacon para que derreta a gordura e acrescente o chucrute para refogá-lo. Acrescente o Spätzle.